Publicado em 20/07/11 20:08
Compartilhar

Childhood Brasil apoia projetos em prol de uma infância livre de abuso e exploração sexual

A Childhood Brasil luta por uma infância livre de abuso e exploração sexual há 12 anos. Com 19 programas próprios e apoio a 66 projetos até o momento, a organização já beneficiou mais de 1,3 milhão de pessoas, entre crianças e adolescentes, seus familiares e profissionais de diferentes setores.

Atualmente, além de 12 programas próprios em execução, a Childhood Brasil apoia seis projetos de ONGs que atuam em comunidades em situação de vulnerabilidade socieconômica. “Nosso objetivo é fortalecer iniciativas de base com foco na prevenção e no atendimento de casos de violência sexual”, explica Itamar Gonçalves, coordenador de Programas da organização.

Denominados ‘sementeiros’, esses projetos recebem suporte técnico e financeiro da Childhood Brasil, que permitem profissionalizar a gestão da organização social e ampliar o atendimento da comunidade. “Apesar de terem impacto local, os projetos sementeiros podem germinar em outras regiões devido a suas metodologias inovadoras de intervenção”, completa Itamar Gonçalves.

Sobre os projetos sementeiros apoiados pela Childhood Brasil

AMUNAM – Nazaré da Mata/PE

A AMUNAM foi criada em 1988 e tem sido apoiada pela Childhood Brasil desde 2000. Através de processos de educação e organização, desenvolve o seu trabalho atendendo meninas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, na faixa etária de 9 a 18 anos de idade, e suas famílias. Enfoca o exercício da cidadania no espaço familiar e social, a orientação sexual e a autoestima, além de oferecer apoio à escolarização das adolescentes e capacitação profissional. A instituição apresenta uma forte articulação e reconhecimento local, desenvolvendo programas de comunicação social, geração de renda e apoio escolar, entre outros.

Associação Lua Nova – Araçoiaba da Serra/SP

A Lua Nova iniciou suas atividades com o acolhimento de jovens mães e percebeu a necessidade de ampliar sua missão para também oferecer a essas meninas uma intervenção mais completa e com maior probabilidade de êxito. Assim, foram desenvolvidas ações de profissionalização, geração de renda e propostas de interlocução com as comunidades em situação de risco da cidade de Sorocaba, incluindo atividades de teatro, dança e vídeos. Atuando como agente de prevenção e de acolhimento nas questões relacionadas ao uso de drogas, AIDS, exploração sexual e gravidez na adolescência, a instituição também tem como público-alvo os profissionais da rede de proteção da criança e do adolescente. A Associação Lua Nova foi fundada em 2000 e conta com o apoio da Childhood desde 2004.

Casa da Arte de Educar – Rio de Janeiro/RJ

A Casa da Arte de Educar desenvolve trabalho de Educação Integral, Educação de Jovens e Adultos e pesquisas no âmbito das metodologias educacionais. Com duas unidades, a entidade atende as comunidades dos Morros da Mangueira e Macacos, regiões com alta vulnerabilidade social. A Casa da Arte e Educar implementou um Núcleo de Direitos Humanos, proporcionando atendimento e informação para o enfrentamento em casos de violação de direitos como abuso sexual, violência doméstica, negligência e trabalho infantil. Além de meninas e jovens em situação de risco social, jovens e famílias da comunidade, a instituição atua junto a professores e demais profissionais da rede de proteção da criança e do adolescente. A instituição foi criada em 1999 e conta com o apoio da Childhood desde 2011.

Rádio Margarida – Belém/PA

Fundado em 1991, o Centro Artístico Cultural Belém Amazônia (CACBA), mais conhecido como Rádio Margarida, é uma organização não-governamental que trabalha para a melhoria da qualidade de vida e para o aumento do debate relacionado à proteção dos direitos de crianças e adolescentes. Sua metodologia de trabalho inclui arte, cultura e educação popular, assim como a realização de diversas parcerias com o poder público federal, estadual e municipal, além de empresas e fundações privadas, e a sociedade civil. Os beneficiários da Rádio Margarida são crianças e adolescentes em situação de risco social de todo Estado do Pará, profissionais da rede de proteção dos direitos da criança e adolescentes em toda a região Amazônica. A instituição conta com o apoio da Childhood desde 2008.

Santa Fé – São Paulo/SP

A Associação Beneficente Santa Fé é uma organização privada, laica, sem fins lucrativos que desenvolve há 17 anos um trabalho de atendimento, acolhimento e tratamento a meninos e meninas em situação de risco social, na sua maioria vinda das ruas de São Paulo e vítimas de violência sexual, abandono e maus-tratos. Desde sua fundação, a Santa Fé já atendeu a mais de 800 jovens e crianças. O atendimento é estendido também aos seus familiares e a ex-abrigados, para garantir um trabalho concebido de forma sistêmica. A instituição conta com o apoio da Childhood desde 2010.

Terra dos Homens – Rio de Janeiro/RJ

O Programa Raízes Locais é um projeto de ações integradas desenvolvido na comunidade de Mangueirinha, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Seu objetivo é estabelecer um apoio eficaz para crianças, adolescentes e famílias em situações de violação de direitos, vulnerabilidade social e humana. O Programa instituiu um centro de serviços para incentivar e oferecer oportunidades variadas para que a população possa lidar com as situações de risco, abuso e negligência dentro da comunidade e transformar a sua realidade. O Programa atende a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, separados ou em vias de se separar de suas famílias, vivendo em instituições ou nas ruas dos centros urbanos, com histórico de toxicodependência ou de direitos violados - vítimas de exploração sexual, de trabalho forçado e de violência doméstica. A instituição, que também atende a família e comunidade para reversão da situação de violação dos direitos da criança, conta com o suporte da Childhood desde 2011.
Compartilhar