Publicado em 16/12/19 16:46

Leitura infantil: 5 dicas de livros de prevenção ao abuso sexual

Confira dicas de livros voltados a autoproteção de crianças contra a violência sexual

A literatura pode ser uma grande aliada na proteção de crianças contra o abuso sexual. Livros infantis trazem de forma leve e didática o tema da violência sexual contra crianças e adolescentes e a necessidade de ensinamentos de autoproteção.


Como a leitura infantil pode ajudar na prevenção ao abuso sexual de crianças

A literatura em geral é muito importante para o desenvolvimento emocional e intelectual de crianças e adolescentes. Livros que abordam a sexualidade de forma educativa e lúdica podem ser uma grande ferramenta de empoderamento de meninas e meninos sobre seu próprio corpo. A leitura infantil pode ensinar, desde cedo, questões como diferenças entre o corpo de meninas, meninos e adultos; integridade corporal; intimidade e consentimento; sentimentos e tipos de toques de carinho e abusivos.


Dicas de leitura infantil

Hoje, já existem diversos livros voltados especificamente para crianças aprenderem conceitos de autoproteção de uma maneira leve, didática e adequada para cada faixa etária. Confira algumas dicas de leitura infantil para a prevenção do abuso sexual:


Pipo e Fifi

Escrito pela pedagoga Caroline Arcari e pela ilustradora Isabela Santos, Pipo e Fifi conta a história de dois monstrinhos, uma menina e um menino, que buscam passar conceitos básicos sobre o corpo e trocas afetivas partir dos 3 anos de idade. De forma simples e descomplicada, ensina a diferenciar toques de amor de toques abusivos, apontando caminhos para o diálogo e a proteção.


Não me Toca seu Boboca

O livro Não me Toca seu Boboca, da autora Andrea Taubman, conta a história de Ritoca, uma coelha que usou a esperteza a seu favor para escapar, com a ajuda de seus amigos, de uma situação de violência com seu vizinho. A narrativa é feita com uma linguagem simples e traz ilustrações da artista Thais Linhares.


Sem mais Segredo: Juju, uma menina muito corajosa

O livro conta a história de uma menina chamada Juju, que é muito alegre e repentinamente passa a ficar triste e retraída por guardar um segredo. O objetivo da história é ajudar os adultos no diálogo com crianças pequenas sobre a violência sexual, ensinando-as a reconhecer uma situação de violência e como agir com essa situação. Foi escrito pelas autoras Ana Cláudia Bortolozzi Maia, Dárcia Amaro Ávila, Juliana Lapa Rizzi e Raquel Baptista Spaziani.


O Segredo de Tartanina

Escrito pelas psicólogas Cristina Fukumori, Alessandra Rocha Santos Silva e Sheila Maria Prado Soma, o livro traz, de forma lúdica, a história de da tartaruga Tartanina, que foi vítima de abuso sexual e tem medo de contar para alguém a situação pela qual passou. O ‘Segredo de Tartanina’ explica, de forma didática, como identificar casos de abuso sexual e como agir nessas situações.


A Mão Boa e a Mão Boba

A Mão Boa e a Mão Boba aborda, com uma linguagem simples e educativa, as diferenças entre uma toques amigos e toques abusivos. Escrito por Renata Emrich e ilustrado por Erica Ianni, o livro visa trabalhar com crianças, pais e escolas, a prevenção do abuso sexual contra crianças e adolescentes.


Estimule a leitura com crianças e ajude a prevenir o abuso sexual.