Publicado em 24/03/17 11:00
Compartilhar

Parceria entre Atlantica Hotels e Childhood Brasil luta pelo turismo sustentável

Em 2005, a Childhood Brasil firmou uma aliança com a Atlantica Hotels, maior administradora de hotéis de capital privado da América do Sul, com o objetivo de prevenir a exploração sexual de crianças e adolescentes e promover o turismo sustentável. Ao longo dos anos, a Atlantica tem desenvolvido diversas ações com colaboradores, hóspedes, investidores, fornecedores e parceiros da rede hoteleira em todo o país, para divulgar a causa e mobilizar recursos para projetos apoiados pela Childhood Brasil.

Em 10 anos de parceria, a missão que une o setor privado e a sociedade civil organizada é um só: promover o turismo sustentável com atitudes de proteção a crianças e adolescentes, combatendo a exploração sexual. “Certamente, a parceria com a Atlantica Hotels é pioneira e inovadora não só no Brasil, mas globalmente. Mobilizar os colaboradores da rede hoteleira em prol da proteção de crianças e adolescentes para levar informação de qualidade aos hóspedes é uma das principais estratégias de prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes”, afirma Eva Dengler, Gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil.

Com uma abordagem diferenciada “Criança aqui é legal”, a Atlantica Hotels busca, por um lado, conscientizar seus funcionários e, ao mesmo tempo, os hóspedes sobre a importância de seguir a legislação, que exige a apresentação de documentos de crianças e adolescentes acompanhados de responsáveis. Por outro lado, alertar os turistas a frequentar apenas estabelecimentos que respeitam as normas e prezam pela proteção da infância e sejam estimulados a denunciar quaisquer violações que observarem durante a estadia.

Proteger crianças e adolescentes está no DNA da Atlantica Hotels desde a sua fundação. A parceria com a Childhood Brasil, potencializa os valores, pois além de uma atuação direta na prevenção, a arrecadação de doações com os hóspedes permite à Childhood Brasil investir em projetos como o Depoimento Especial que inovação ao sistema de escuta de crianças e adolescentes no sistema judiciário.

Saiba mais sobre a parceria aqui: http://bit.ly/2mtoNzv
Compartilhar