27
set
2017

Dia Mundial do Turismo: saiba como proteger crianças e adolescentes contra a exploração sexual

Famoso por suas riquezas naturais, o Brasil é um dos países que mais recebem e movimentam turistas nacionais e estrangeiros por ano. Porém, mais importante do que celebrar o Dia Mundial do Turismo, é garantir que todos os destinos sejam seguros, conscientes e, sobretudo, tenham uma atenção especial ao respeito dos direitos de crianças e adolescentes, em especial, observando os riscos de exploração sexual.

Para enfrentar essa perversa violência, conheça algumas ações simples e eficientes que ajudam a evitar casos de exploração sexual de crianças e adolescentes.

Conheça os Códigos de Conduta dos meios de hospedagem

Uma das medidas estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é a obrigatoriedade da apresentação dos documentos de crianças e adolescentes e seus responsáveis no momento da hospedagem.

Essa exigência evita que casos de violação dos direitos, especialmente a exploração sexual, ocorram nos meios de hospedagem e deve constar no Código de Conduta de todos os hotéis e pousadas do Brasil. Parceira da Childhood Brasil, a rede Atlantica Hotels, por exemplo, segue a norma e tem um atendimento considerado referência na proteção de crianças e adolescentes contra a exploração sexual.

Saiba mais sobre a parceria entre a Childhood Brasil e a Atlantica Hotels clicando aqui.

Incentive projetos de enfrentamento

Estudos apontam a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo de negócios, que ocorre quando pessoas que se deslocam a trabalho entre as cidades do país. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, a situação se agrava porque a fiscalização é mais difícil em postos de gasolina e pequenas hospedagens localizadas nas estradas, por exemplo.

Uma maneira de ajudar o enfrentamento é incentivar iniciativas voltadas à conscientização de colaboradores dos meios de hospedagem e de caminhoneiros. O Programa Na Mão Certa, criado pela Childhood Brasil, por exemplo, promove há 10 anos a adesão de empresas ao Pacto Empresarial contra Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras e, a partir desse compromisso empresarial, forma uma rede de multiplicadores que atuam para transformar motoristas de caminhão em agentes de proteção nas rodovias.

Saiba mais sobre o Programa Na Mão Certa clicando aqui.

Denuncie!

Um dos passos mais importantes para ajudar o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo é a denúncia – seja em casos de suspeita ou de confirmação desse tipo de violação.

Uma das formas de notificar os órgãos responsáveis e ajudar as vítimas é o Disque 100 (Disque Direitos Humanos). Outra opção é buscar delegacias especializadas e Conselhos Tutelares na cidade onde você está. Eles são responsáveis por investigar os ocorridos e garantir que os direitos das vítimas envolvidas sejam assegurados. Você também pode baixar o aplicativo Proteja Brasil ou entrar em contato com a polícia local.

Para conhecer outras formas de denúncia, acesse a página.

Esta entrada foi publicada em crianças, crianças e adolescentes, Denúncia, exploração sexual, turismo e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.

As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Nos reservamos o direito de aprovar os comentários submetidos pelos visitantes do sitepara publicação. Não serão publicados comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso, não comprovado.