19
set
2017

A importância da proteção de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual

post_blog

O livro Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência Sexual: Metodologias para Tomada de Depoimento Especial, lançado este ano pela editora Appris, é um passo para a compreensão da importância do depoimento especial. Com a metodologia de entrevista forense, a obra descreve e analisa estratégias que buscam reduzir os efeitos do estresse decorrente do ato de prestar testemunho em processos de investigação de crimes de violência sexual infanto-juvenis.

A publicação chama atenção para a necessidade de uma equipe multidisciplinar, capacitada especialmente para realizar as entrevistas com crianças e adolescentes, além de um espaço físico amigável e pensado para acolher as vítimas.

Com o objetivo de auxiliar os órgãos no enfrentamento desse tipo de violência, o livro é resultado de uma pesquisa realizada em 28 países considerados referência em atendimento, além de abordar eixos centrais da Lei 13.431/2017, como o depoimento especial, que é a escuta especializada feita em espaços qualificados como centros de atendimento integrado.

Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência Sexual: Metodologias para Tomada de Depoimento Especial foi lançado pela Childhood Brasil e tem autoria de Benedito Rodrigues dos Santos, professor da Universidade Católica de Brasília, Itamar Batista Gonçalves, gerente de Advocacy da Childhood Brasil, e Vanessa Nascimento Viana, pesquisadora do Instituto WCF Brasil.

Ficou interessado? Clique aqui para acessar o site da editora Appris. Parte do valor arrecadado com a venda da publicação será doada para a Childhood Brasil.

Esta entrada foi publicada em violência sexual e marcada com a tag . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.

As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Nos reservamos o direito de aprovar os comentários submetidos pelos visitantes do sitepara publicação. Não serão publicados comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso, não comprovado.