Publicado em 09/10/18 18:43

Rede Meninas e Igualdade de Gênero divulga carta aos presidenciáveis em defesa de políticas públicas específicas para o enfrentamento da violência e desigualdade de gênero

Às vésperas da eleição, a Rede Meninas e Igualdade de Gênero divulgou uma carta aberta aos presidenciáveis com o intuito de leva-los à reflexão a respeito da situação de vulnerabilidade em que se encontram as cerca de 27 milhões de meninas de 0 a 17 anos do nosso país. Por meio da carta, a rede pretende incentivar os candidatos a formalizarem propostas de políticas públicas de combate à violência e desigualdade de gêneros desde a infância, com de garantir um Brasil justo que promova os direitos das crianças e a igualdade para as meninas. Confira a carta na íntegra aqui.