Nota de esclarecimento / Explanatory note

Português / English

Nota de esclarecimento

A Childhood Brasil, organização que atua há 15 anos no País por uma infância livre de exploração e abuso sexual, esclarece que, diferentemente do que vem sendo divulgado por alguns meios de comunicação, não é autora de nenhum estudo que quantifique o aumento no número de casos de violência sexual durante o mundial de futebol realizado na África do Sul ou qualquer outro grande evento em outros países.

Sabe-se, entretanto, que durante grandes eventos, não somente esportivos, a vulnerabilidade de crianças e adolescentes à exploração e abuso sexual aumenta, como ressalta a pesquisa “Exploração de Crianças e Adolescentes e a Copa do Mundo: uma análise dos riscos e das intervenções de proteção” de autoria da Universidade de Brunel na Inglaterra e lançada no País pela Childhood Brasil. Clique aqui para acessar a pesquisa em português.

Ressaltamos que a Childhood Brasil trabalha apenas com números oficiais do governo e com pesquisas apoiadas ou desenvolvidas pela própria organização. Todas essas pesquisas estão disponíveis no site da instituição e podem ser consultadas a qualquer momento em www.childhood.org.br.

Solicitamos que toda e qualquer informação, citando a instituição como autora, seja checada com nossa assessoria de imprensa para possíveis esclarecimentos e melhor atendimento da demanda.

Informar com precisão e transparência é papel chave para que possamos enfrentar a exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes no país e no mundo.


Explanatory note

Childhood Brasil – an organization that has been working for 15 years on behalf of a childhood free from exploitation and sexual abuse -wants to make it clear that it is not the author of any study that quantifies an increase in the number of cases of sexual violence during the World Cup held in South Africa, or any other large event in other countries.

However, we know that during big events, and not only during sports tournaments, the risk of children and adolescents being sexually exploited and abused grows, as pointed out in the study “Child Exploitation and the World Cup: A review of risks and protective interventions ”, which was done by Brunel University in England and launched in Brazil by Childhood Brasil. Click here to access the research.

We stress that Childhood Brasil works only with official government figures and with studies supported or developed by our own organization. All of these studies are available on the website of the organization and can be consulted at any time at www.childhood.org.br.

We request that any and all information claiming that Childhood Brasil is the author be checked with our press relations for possible clarifications and assistance.

Being precise and transparent in our communication is key to confront the exploitation and sexual abuse of children and adolescents in Brazil and in the world.