12
set
2012

Dicas para seus filhos navegarem com segurança na internet

Para navegar na internet com segurança, é preciso orientar as crianças e adolescentes a tomar os mesmos cuidados de quando estão no mundo offline. Da mesma forma que não é seguro passar o endereço e telefone para um desconhecido, as informações pessoais também devem ser preservadas na rede. Na internet, também há pessoas mal intencionadas que buscam vítimas para divulgar pornografia, cometer abuso sexual e até sequestro.

Continue lendo

Tags: , , , , , , , , ,
2.846 leitura(s) - [ leia mais ]
11
set
2012

Publicações orientam profissionais a prevenir a violência sexual

Proteger a criança e o adolescente da violência sexual é um grande desafio até mesmo para os profissionais da área. O que fazer quando há a suspeita de um caso de abuso dentro de sala de aula ou na comunidade? Como abordar o tema tão delicado e orientar uma criança que está passando pelo problema? Para ajudar a responder estas e outras dúvidas que aparecem no dia a dia de educadores e agentes do Sistema de Garantia de Direitos, o projeto Laços de Proteção, da Childhood Brasil, desenvolveu algumas publicações, resultado dos cursos de capacitação continuada oferecidos a agentes públicos para atender e encaminhar casos de violência doméstica e sexual contra crianças e adolescentes de forma qualificada e integrada.

Continue lendo

Tags: , , , , ,
3.646 leitura(s) - [ leia mais ]
6
set
2012

Direitos sexuais da criança e do adolescente serão discutidos no Rio de Janeiro

Os direitos sexuais e reprodutivos de crianças e adolescentes ainda são considerados temas polêmicos e pouco compreendidos pela sociedade. Discutir o assunto e trazer novas perspectivas é o objetivo do II Colóquio sobre Direitos Sexuais de Crianças e Adolescentes no Marco dos Direitos Humanos. O encontro será realizado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em parceria com a Childhood Brasil, Associação Brasileira de Magistrados, Promotores de Justiça e Defensores Públicos da Infância e da Juventude (ABMP) e apoio da FAPERJ, nos dias 17 a 19 de setembro.

Continue lendo

Tags: , , , , , ,
4.427 leitura(s) - [ leia mais ]
5
set
2012

Comunicação: ferramenta-chave para mobilização e conscientização

Há oito anos, o radialista Pedro Trucão aborda o tema da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias por meio do programa Globo Estrada, da Rádio Globo AM. Quando está no ar, ele dá dicas e conversa com os caminhoneiros e seus familiares de forma bem espontânea e direta. Desde março do ano passado, o assunto ganhou mais visibilidade, com o quadro Globo Estrada Na Mão Certa, realizado em parceria com a Childhood Brasil. “O motorista não é vilão e sim um parceiro na proteção dos direitos da infância e da adolescência e pode nos ajudar nas campanhas contra a violência sexual”, afirma Trucão.

Continue lendo

Tags: , , , , , , , ,
1.912 leitura(s) - [ leia mais ]
3
set
2012

Professores da rede municipal aprendem a notificar casos de violência em Pernambuco

Muitos professores e diretores de escola ainda não notificam casos de violência doméstica e sexual contra crianças e adolescentes, por falta de informação ou por se sentirem desamparados de uma rede de proteção. Segundo a coordenadora de programas da Childhood Brasil, Gorete Vasconcelos, alguns educadores suspeitam da ocorrência do problema entre os alunos, mas não chegam a formalizar a denúncia por desconhecerem a obrigatoriedade da notificação ou se sentirem ameaçados e/ou vulneráveis. “Ainda prevalece a comunicação verbal dos casos de violência, o que contraria a legislação e dificulta a ação dos órgãos competentes na intervenção e encaminhamentos dos casos”, diz.

Continue lendo

Tags: , , , , , , ,
2.151 leitura(s) - [ leia mais ]
29
ago
2012

O que a Childhood Brasil pensa sobre o caso da doutoranda presa por “pedofilia”

A notícia “Professora universitária presa por pedofilia”, publicada no jornal O Estado de S. Paulo ontem (28 de agosto de 2012), causou grande repercussão entre veículos de imprensa, organizações que promovem os direitos da infância e na sociedade.

O fato da perpetradora em questão ser professora universitária reforça que a violência sexual não é um fenômeno restrito a uma classe social ou a baixos índices educacionais. Foi justamente isso que chamou a atenção da mídia: a agressora ser doutoranda da USP. Porém, enfatizar a formação do agressor não ajuda a enfrentar o problema.

Continue lendo

Tags: , , , , ,
2.755 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.