24
jun
2015

Docentes publicam artigo sobre violência sexual contra crianças e adolescentes em periódico especializado

matéria childCompartilhamos aqui estudo realizado na região Norte do Brasil que foi tema de matéria publicada pelo site “Rondoniagora”.

“ O artigo Violência sexual contra crianças e adolescentes em um município da região norte do Brasil, produzido por pesquisadores da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), foi publicado na última edição da Revista da Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (SOBEP).  Continue lendo

Tags: , , ,
1.006 leitura(s) - [ leia mais ]
19
jun
2015

IDLocal lança guia para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes

idlocalA Iniciativa Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (IDLocal) lançou um guia para auxiliar as empresas a implementarem diretrizes de atuação para a proteção integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, em áreas receptoras de grandes obras e empreendimentos. Continue lendo

Tags: , , , ,
863 leitura(s) - [ leia mais ]
12
jun
2015

Antropólogo fala sobre a importância da educação sexual

childQual a importância da educação sexual na vida de crianças, adolescentes e jovens e como ela pode ser importante no enfrentamento à violência a que essa parcela da população tem sido exposta? Em entrevista à Childhood Brasil, o antropólogo Felipe Areda fala sobre o desafio que a sociedade tem em aprender a falar sobre o assunto COM e não simplesmente PARA crianças e adolescentes, contribuindo para que eles tenham condições de fazer suas próprias decisões e se defenderem de situações de risco. Continue lendo

791 leitura(s) - [ leia mais ]
10
jun
2015

Sistema de Garantia de Direitos: um aliado na proteção da infância

childConstantemente falamos do Sistema de Garantia de Direitos (SGD), mas, afinal, no que ele consiste? Concebido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o SGD representa a articulação e a integração de várias instâncias do poder público na aplicação de mecanismos de promoção, defesa e controle para a efetivação dos direitos humanos da criança e do adolescente, nos níveis federal, estadual, distrital e municipal. Embora diversos órgãos e autoridades possuam atribuições específicas a desempenhar, o SGD lhes confere igual responsabilidade na apuração e integral solução dos problemas existentes, tanto no plano individual quanto no coletivo. Continue lendo

Tags: , , , ,
870 leitura(s) - [ leia mais ]
3
jun
2015

Tratamento psicológico deve envolver toda a família da vítima de abuso

Rosemary Peres Miyahara

Rosemary Peres Miyahara

Para que não haja a reincidência de abusos sexuais contra crianças e adolescentes é preciso tratar a família da vítima e até o agressor. Em famílias disfuncionais, o incesto pode levar até à violência fatal. Segundo a psicóloga e psicodramatista Rosemary Peres Miyahara, coordenadora da área de formação do Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae (CNRVV) em São Paulo, é preciso compreender a dinâmica que gera o abuso. A co-autora dos livros O Fim do Silêncio na Violência Familiar (Ed. Agora) eO Fim da Omissão – A implantação de Pólos de Prevenção à Violência Doméstica(Fundação Abrinq) explica a importâncias das diferentes terapias aplicadas hoje em vítimas, familiares e agressores: Continue lendo

Tags: , , , , , , , ,
1.194 leitura(s) - [ leia mais ]
3
jun
2015

Os caminhos do incesto: uma perversão silenciosa

Desenho contido no livro "A violência silenciosa do incesto", de Graça Pizá

Desenho contido no livro “A violência silenciosa do incesto”, de Graça Pizá

O desenho retrata uma figura metade menina, metade mulher. A autora-mirim, como milhares de outras crianças brasileiras, foi vítima de abuso incestuoso. Expressa, por meio da imagem ambígua, o conflito entre a sexualidade infantil e a adulta, que lhe foi imposta precocemente e que ela pouco compreende. Continue lendo

Tags: , ,
3.417 leitura(s) - [ leia mais ]
As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Reservamos o direito de não publicar comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso.