Se informe: saiba quem esta se mobilizando

Agenda de Convergência: favorecendo atuação intersetorial

A Agenda de Convergência é uma iniciativa intersetorial, sob coordenação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Tem o objetivo de prevenir a violação de direitos humanos de crianças e adolescentes durante grandes eventos.

A Agenda envolve sociedade civil, organismos internacionais, governo federal, governos estaduais e municipais. Também conta com a participação de empresas. Prevê a criação e o fortalecimento, em cada cidade-sede, de Comitês de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes. Os comitês são espaços de articulação e implementação de ações específicas de proteção.

A atuação se baseia em um alinhamento interinstitucional das ações previstas para a proteção de crianças e adolescentes antes, durante e depois do campeonato. Para isso, foi feito um mapeamento prévio da rede de proteção e de experiências anteriores, bem como um plano de ação adequado à realidade local.

Ações previstas pelos comitês locais de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes

Mobilização das redes locais de proteção integral à criança e ao adolescente nas cidades-sede da Copa, visando a instituição do Comitê Local de Proteção Integral.
Agendas locais de constituição do planejamento integrado de proteção.
Mapeamento da situação da infância e adolescência, bem como da rede de proteção local instalada.
Formulação de protocolos e fluxos, com alinhamento e garantia dos serviços apropriados às demandas locais.
Elaboração do Plano de Ação do Comitê Local.

 

Clique aqui para saber as informações de contato e endereço dos Pontos Focais, Comitê Local e Plantões de cada uma das 12 cidades sede.

O papel da Childhood Brasil na Agenda de Convergência

Além de participar ativamente dos encontros do Grupo, integramos os Grupos de Trabalho de Indicadores e Comunicação. No âmbito do Grupo dos Indicadores, contribuímos para finalização do Plano de Ação e o Guia de Fortalecimento dos Comitês Locais de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes nas Cidades-sedes.

Projetos inovadores: Jovens criam projetos inovadores para proteger a infância

Em março de 2013, a Childhood Brasil lançou o edital: “Proteção de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo 2014”, em parceria com a Fundação OAK.

O objetivo deste edital foi buscar nove projetos, localizados nas regiões metropolitanas das 12 cidades-sedes.

Os projetos deveriam envolver o engajamento da sociedade, por meio de ações de mobilização lideradas por jovens, com foco na proteção da infância e adolescência e na prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes.

Abaixo, um resumo dos projetos selecionados, de acordo com relatórios enviados pelos grupos de jovens:

Fortaleza, CE | Rio de Janeiro, RJ | Salvador, BA | Curitiba, PR | São Paulo, SP | Belo Horizonte, MG | Natal, RN | Recife, PE | Manaus, AM

Fortaleza, CE

ANA nas Escolas

Reduzir as violências contra crianças, adolescentes e jovens e fortalecer a participação de adolescentes no enfrentamento à violência sexual nas comunidades da regional V e VI de Fortaleza que são afetadas pela Copa do Mundo de futebol, divulgando a educação para a autoproteção contra as violências sexuais, assim como a educomunicação inserindo a temática nas a coes educativas das escolas.

Organização: Associação Barraca da Amizade

Rio de Janeiro, RJ

Soldado Anônimo – Voz para as cabeças

Contribuir para uma melhor circulação de informações referentes à Proteção das Crianças e Adolescentes, através do fortalecimento de instituições comunitárias e da democratização da comunicação sobre o tema, em formatos e mídias inovadores.

Organização: CECIP - Centro de Criação de Imagem Popular

Salvador, BA

Na Linha do Gol

Contribuir para o envolvimento da sociedade soteropolitana e dos visitantes da cidade de Salvador nas ações de prevenção e erradicação da violência sexual de crianças e adolescentes, através de uma comunicação mobilizadora e de informações qualificadas sobre os atores e fluxos do Sistema de Garantia dos Direitos (SGD)

Organização: Cipó – Comunicação Interativa

Curitiba, PR

Conexão Copa

Garantir a atuação de adolescentes e jovens na mobilização de outros adolescentes e jovens de Curitiba para o enfrentamento das violações de direitos durante a Copa do Mundo de 2014, em especial a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Organização: Ciranda – Central de Notícias dos Direitos da Infância e Adolescência

São Paulo, SP

PIAR em Ninho Virtual

Fortalecer a participação do jovem no enfrentamento à violência sexual em grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014. Incentivo ao uso das redes sociais como instrumento de protagonismo e acolhimento às questões da juventude.

Organização: Centro de Referência às Vítimas de Violência – CNRVV

Belo Horizonte, MG

Circo de Todo Mundo por Uma Copa de Todo Mundo

Articular redes para o enfrentamento da exploração sexual comercial de crianças e adolescentes  na cidade de Belo Horizonte e no período de Mega Eventos Esportivos.

Organização: Circo de Todo Mundo

Natal, RN

Virando o Jogo

Proteger os direitos humanos dos/das adolescentes e jovens na cidade de Natal em contextos de violação de direitos, tendo como perspectiva a Copa do Mundo 2014.

Organização: Grupo Afirmativo de Mulheres Independentes do Rio Grande do Norte

Recife, PE

Homens Jovens Mobilizadores

O presente projeto tem o objetivo envolver homens adolescentes e jovens em ações pelo fim da violência contra crianças e mulheres no contexto de dois grandes eventos esportivos A Copa das Confederações e Copa do Mundo da FIFA.

Organização: Instituto Papai

Manaus, AM

Mobilizando e Agindo pela Proteção na Copa 2014

Contribuir na realização de estratégias de prevenção da violência e enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescente, valorizando a construção de saberes, o protagonismo juvenil e o exercício da consciência cidadã, de forma que todos os envolvidos sejam sujeitos ativos diante dos impactos dos megaeventos esportivos, na cidade de Manaus, especialmente na Copa 2014.

Organização: CEDECA Pé na Taba