9
out
2017

Atlantica Hotels promove campanha “Mês da Criança” em parceria com a Childhood Brasil

CHILDHOOD

Childhood Brasil e Atlantica comemoram, neste mês, a sanção da lei 13.431/2017, que garante escuta protegida de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual

Um marco para infância e adolescência brasileira, a sanção da Lei 13.431/2017, que visa assegurar um protocolo de atendimento para a escuta especializada de meninos e meninas vítimas e/ou testemunhas de violências, em especial a violência sexual, será o tema da campanha do mês de outubro da Atlantica Hotels em parceria com a Childhood Brasil.

Para celebrar a conquista e facilitar a divulgação deste marco para os hóspedes da rede, todos os hotéis da Atlantica colocarão, a partir desta quinta-feira (12), um casal de bonecos de pano no balcão das recepções, que permanecerá até o final de 2018. As áreas comuns e elevadores dos empreendimentos também estarão decorados com lobby mídia e flyers, estampados com a imagem dos bonecos, reforçando a mensagem Dê Voz Às Crianças.

“Foi necessária muita articulação, dedicação e apoio de entidades e parceiros, como a Atlantica Hotels, para a aprovação da nova legislação. A realização do depoimento especial e da escuta protegida de crianças e adolescentes visa acabar com a revitimização sofrida em uma investigação. Pesquisas apontam que uma vítima tem de relatar de oito a dez vezes a violência sofrida ao longo do processo judicial”, afirma Eva Dengler, gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil.

Segundo Ana Paula Nunes, diretora-executiva de Recursos Humanos da Atlantica Hotels, sancionar a Lei foi o primeiro passo. “A partir de agora, vamos concentrar nossos esforços em ajudar a Childhood Brasil a divulgar a importância da implantação da Lei principalmente por meio de nossa ampla penetração no Brasil, onde operamos mais de 90 hotéis, presentes em 41 cidades, dentre as quais, 14 capitais mais o Distrito Federal”, afirma a executiva, acrescentando que “só teremos êxito na continuidade deste imenso desafio com a participação e engajamento dos nossos hotéis”.

Eva Dengler afirma, ainda, que o próximo desafio da Childhood Brasil é influenciar a criação de Centros de Atendimento Integrado para criança e adolescentes vítimas de violência. “Centros de referência como estes já existem em Belém, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Teresópolis e Vitória da Conquista. É preciso que novos municípios se adequem a nova legislação”, diz a porta-voz da Childhood Brasil.

Mais informações sobre a Lei, cliquei aqui.

ARRECADAÇÃO
Pensando sempre na proteção de crianças e dos adolescentes do Brasil, a Atlantica Hotels, pioneira na adoção do Código de Conduta do Turismo contra exploração sexual infanto-juvenil no País, promove, também, uma campanha de arrecadação em prol da Childhood Brasil.

“Queremos estimular cada hóspede a fazer doação no cofrinho da recepção ou arredondar a conta no check-out”, comenta Ana Paula Nunes.

Outro ponto da campanha nos hotéis são os Produtos do Bem que trazem o selo “Criança Aqui é Legal”. “Estes itens estão disponíveis no minibar dos apartamentos, cujo valor do consumo é parcialmente repassado para a Childhood Brasil”, conclui a executiva da Atlantica.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.

As ideias e opiniões expressas neste blog não refletem necessariamente a opinião da Childhood Brasil. Nos reservamos o direito de aprovar os comentários submetidos pelos visitantes do sitepara publicação. Não serão publicados comentários de conteúdo discriminatório, que incitem qualquer tipo de violência, que não estejam relacionados ao tema foco do blog - proteção da infância contra o abuso e a exploração sexual, ou de caráter duvidoso, não comprovado.